17/01/2013 17:37 0

16/01/2013 16h20

A maior parte das Empresas punidas pela a ANS são as de porte pequenos, a pressão faz com que os planos grande invistam  em  soluções para melhorar seus índices. A Hapvida, por exemplo, com mais de 1,5 milhão de cliente, convidou a imprensa, para mostra sua nova central de controle de atendimento.

Segundo Jorge Pinheiro o presidente da Hapvida, o novo sistema detecta o tempo de espera de cada paciente, por identificação biométrica ( leitura das digitais ) e identifica o porquê do atraso, pelo números de médicos atendendo no momento ou por meios de vídeos, que mostra em tempo real o números de pessoas nas emergências. Fizemos pesquisas com nossos clientes e o tempo de espera aceitável numa emergência, segundo eles, é de 15 minutos. A empresa informa que vem cumprindo esse prazo em 75% dos atendimentos.

E não é só nas emergências, avalia o empresário. Todas as metas vem sendo cumpridas na maiorias dos casos, informa que suas metas são inferiores ou igual ao prazo que a ANS determina.  


Simulador de Plano Individual