30/12/2012 12:24 0

18 Dezembro 2012

Na tarde do dia 16 de dezembro, a Presidenta Dilma Rousseff visitou as instalações do Hospital da Mulher de Fortaleza, acompanhada pela prefeita Luizianne Lins e pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Durante a visita, a presidenta Dilma teceu elogios ao equipamento, colocando o hospital como um padrão a ser seguido para o atendimento às mulheres de todo o Brasil.

Antes de conhecer a parte interna do Hospital da Mulher, a presidenta Dilma descerrou uma placa alusiva à sua visita. Durante o momento, participaram ainda a Secretária Municipal de Saúde, Ana Maria Fontenele; e a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, Eleonora Menicucci de Oliveira.

A presidenta Dilma Rousseff conheceu o Laboratório de Imagens, as salas de parto normal, pré e pós-parto, o corredor do Centro Cirúrgico, UTI neonatal de alto e médio risco e UTI adulto, além da sala de Práticas Integrativas Complementares. "Eu estou impressionada com este Hospital. É um orgulho para o Brasil", destacou a presidenta.

Considerado um dos maiores equipamentos públicos para tratamento específico de saúde feminina no país, o Hospital da Mulher de Fortaleza, desde sua inauguração, em julho deste ano, já realizou mais de 9.050 consultas especializadas, além de 23.213 exames laboratoriais e de 4.473 exames de imagem. Aconteceram também, neste período, 613 partos, dentre normais e cirúrgicos.

Investimentos
A Prefeitura de Fortaleza receberá R$ 2,1 milhões mensais do Governo Federal para manutenção do Hospital da Mulher. Além disso, após reuniões da prefeita Luizianne Lins com a presidenta Dilma Roussef, o Ministério da Saúde anunciou, esta semana, que enviará, ainda este mês, R$ 10,5 milhões para cobrir as despesas de manutenção do Hospital nesses primeiros meses de funcionamento, de agosto a dezembro de 2012. Para a prefeita Luizianne Lins, a decisão da presidenta demonstra o reconhecimento da importância da unidade de saúde, pioneira no tratamento especi?co da saúde da mulher. “O Hospital é uma grande conquista pra Fortaleza e, agora, ?caremos tranquilos com a garantia da manutenção mensal por parte do Governo Federal nos próximos anos. Nossas mulheres só têm a ganhar”, festejou Luizianne.

Inaugurações
No começo da tarde, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, inaugurou no Centro de Referência e Prevenção ao Crack e Outras Drogas (CRP - Crack) e mais um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD) 24 horas. No momento, o ministro disse serem decisivas "a política de Saúde integrada a de Assistência Social e a recuperação da vida dessas pessoas", reforçando a importância do combate intersetorial ao uso de drogas.


Simulador de Plano Individual