19/08/2013 15:16 0

19/08/13 15:13 hrs

 

Há quem diga que a carta de apresentação de uma pessoa é seu sorriso. E a falta daqueles dentes branquinha muitas vezes afeta a autoestima de quem sonha em “sorrir como uma celebridade”. O que pode ser feito para evitar o escurecimento do esmalte dentário?

A odontologia do Hapvida Saúde, Gilmara Lucena, explica que o termo correto é desmineralização, pois o esmalte é um tecido que recobre a dentina, sendo composto por minerais, água e materiais orgânicos. “Ele é translúcido, mas pode variar de amarelo claro ao branco acinzentado. A cor da dentina e a interferência de qualquer material externo afeta diretamente na sua transparência”, conta.

Para a cor do esmalte dental, o maior vilão é o açúcar e os alimentos derivados dele – conhecidos como criogênicos. “Refrigerantes, frutas cítricas e sucos podem levar à interferência da coloração, pois provocam a diminuição do PH da dentina, desmineralizando o esmalte. Café, cigarro, chocolate e álcool também estão na lista”, pontua a dentista. A dica é evitar a frequência desses alimentos e realizar a higienização com dentifrícios periodicamente.

Quando se utiliza aparelho ortodôntico, é comum que após a retirada a marca dos brackets fique exposta. Isso se dá depois aquela área estava intacta de agentes corrosivos externos devido ao aparelho. Nesses casos, existem duas opções: a remineralização com aplicações de flúor ou de verniz fluoretado.

Gilmara ressalta ainda que o resgate de tonalidades claras nos dentes acontece apenas com procedimentos químicos e não naturalmente. “No clareamento, o ácido age afetando a dentina que dá cor ao dente na medida desejada pelo paciente” finaliza.

Fonte:

Hapvida Saúde

 


Simulador de Plano Individual