23/01/2013 09:11 0

22/01/2013 19h36

Três laboratórios enviaram propostas para assumir o fornecimento do remédio asparaginase, usado no tratamento de leucemia, informou nesta terça-feira (22) o Ministério da Saúde ao G1. O medicamento está em risco de desaparecer das prateleiras de farmácias, além de hospitais ligados ao Sistema Único de Saúde (SUS), após a empresa responsável haver anunciado que vai suspender a distribuição nos próximos seis meses.

A ideia, afirma o ministério, é garantir a produção e venda de asparaginase no Brasil. De acordo com o ministério, dois dos laboratórios interessados no fornecimento são brasileiros, um público e o outro particular. Um terceiro, internacional, também apresentou proposta, segundo a pasta.

O ministério não deu mais detalhes sobre os laboratórios, mas informa que está aberto a receber novas propostas até o fim desta semana, e que começará a avaliá-las na próxima segunda-feira (28).

Um dos laboratórios cogitados enviou proposta ao ministério na última segunda-feira (21), e os outros dois, no fim da semana passada. Todos os pontos, como preço e capacidade de distribuição, devem ser analisados.

 

Fonte:

Rafael Sampaio Do G1, em São Paulo


Simulador de Plano Individual